O Ecobairro
 
             
 

Histórico

O projeto nasceu da idéia de levar para o ambiente urbano alguns dos princípios praticados nas ecovilas, um movimento que já está presente em cerca de 15.000 localidades em todo o mundo.

Veja um pouco nossa linha do tempo:

a) Após capacitação em Ecovilas Lara Freitas e Paullo Santos, abril de 2004 em Picada Café – RS, entenderam que poderia ser trazido para o eixo urbano as experiências da Ecovilas;

b) Em 15/08/04 o Instituto Roerich da Paz e Cultura do Brasil, realizou em sua sede na Casa Urusvati, uma palestra com a May East sobre a Re-emergência do Princípio Feminino na Psique da Humanidade e após o encontro Paullo Santos teve a inspiração de criar o Ecobairro, como um relâmpago as idéias começaram a chegar. Comunicado a May, a Marly a Lara e a Safira e todas acharam interessante e, a partir daquele momento começamos a nos reunir semanalmente para elaborar o projeto, sendo a primeira reunião em 18/08/04;

c) Em 19/05/05 foi incorporado no Projeto os Nucleadores, dando força, ampliação e consolidação aos objetivos;
 
 
             
 
 

d) Em 17/09/05 lançamos na sede na Casa Urusvati as propostas do Projeto Mãe e recebemos o apoio da Secretaria do Verde e do Meio Ambiente através do Secretário Eduardo Jorge, que esteve pessoalmente no lançamento;

e) Em 20/09/05 recebemos o apoio institucional das Nações Unidas em função do projeto está dentro das metas das Décadas Internacionais de Cultura de Paz e de Educação para o Desenvolvimento Sustentável, gerenciada pela ONU;

f) Divulgamos o Projeto na II Mostra de Boas Práticas Ambientais na Oca do Parque Ibirapuera nos dias 24 e 25/09/05, na ocasião convidamos também o Projeto Ecovilas São Paulo para ser divulgado;

g) Participamos no evento GEN+10 em outubro/2005, na Ecovila Findhorn/Escócia e apresentamos o Projeto assim como nos foi apresentado o novo formato das capacitações em Ecovilas – Educação Gaia;

 
       
 
h) Trouxemos a proposta da capacitação em Ecovilas – Educação Gaia – para o Brasil, apresentamos a UMAPAZ – Universidade Aberta do Meio Ambiente e Cultura de Paz da Secretaria do Verde e do Meio Ambiente da Prefeitura Municipal de São Paulo e eles aceitaram a proposta de realizarmos a primeira capacitação, iniciada em 15/04/2006. Juntaram-se a nós o Projeto Ecovila São Paulo para fazer parte da organização dessa iniciativa e começamos a divulgar o Ecobairro através do site e, pessoas de diversas cidades do Brasil manifestaram apoio com a intenção de tornarem-se voluntários e parceiros.
 
     
Agora o Ecobairro é um Programa Permanente do Instituto Roerich da Paz e Cultura do Brasil.
     
 

Missão

Alicerçados nos princípios da Cultura de Paz, da Educação para o Desenvolvimento Sustentável e inspirados nas experiências das Ecovilas, vamos semear nos bairros da cidade experiências vivas de sustentabilidade. As mudanças de consciência devem atingir os indivíduos, sua casa, seu bairro, sua cidade e o Planeta. Compartilhando nossa Visão de Mundo e Princípios  resgataremos uma vida em comunidade no bairro, fortalecendo o vínculo afetivo com o lugar e despertando o cuidado entre todos os seres.

Visão

Em nosso meio urbano, surgem bairros sustentáveis, como fruto natural da consolidação do exercício da vida em comunidade, que cuidam de todos os seres, do meio ambiente e do Planeta. Formam-se assim, redes de cooperação onde a criatividade, harmonia e diversidade, inspiram nossas ações, num movimento contínuo de reconciliação, em que antigos saberes dão as mãos às mais novas descobertas científicas, apoiando a sustentação da vida.

Objetivos

Nosso objetivo maior é resgatar o bem-estar e o vínculo com o lugar em que moramos na cidade. Diz a sabedoria popular que “quem ama, cuida”. Se não conhecemos nosso bairro ou mesmo nossa rua, como poderemos cuidar deles? Da mesma forma, se não sabemos quem são nossos vizinhos, como poderemos pensar em soluções criativas para problemas que afetam a todos?

Por isso, a nossa intenção é formar agentes locais, capazes de construir seus próprios caminhos com autonomia, buscando o consenso nas decisões coletivas.

O ECOBAIRRO propõe-se a apoiar os moradores, ajudando-os a encontrar maneiras de praticar a sustentabilidade dentro e fora de suas casas. Afinal, o Planeta é a nossa Casa.

  • Identificar e articular diferentes atores sociais do bairro, estimulando-os em direção à cooperação e à sustentabilidade;
  • Identificar, com a comunidade, medidas que ajudarão a caminhar para a sustentabilidade, gerenciando (em conjunto) sua implementação;
  • Divulgar as experiências para fomentar outros locais;
  • Estabelecer parcerias.

Espiral

Aqui reunimos os fundadores do Ecobairro, que inclui o Projeto Mãe, Conselheiros, Coordenadores e “Nucleadores”, que tem por objetivo dinamizar, renovar, fortalecer e expandir os quatros elementos do Organismo Ecobairro.

Círculo

Para formar um Círculo Ecobairro é necessário ter um representante de cada Núcleo em seu bairro, compromissados em avançar nas ações, baseados nos Princípios e na Missão do Ecobairro.

Núcleos

Você pode criar um Núcleo reunindo pessoas no seu bairro que atuem nos segmentos correspondentes para implantar os Princípios e a Missão do Ecobairro.

Agentes

Aqui você poderá incorporar os Princípios e a Missão do Ecobairro, em você, em sua Casa e onde você achar que é possível gerar transformações.

Unidades

Aqui sua instituição poderá aplicar os níveis de sustentabilidade em suas atividades.

Quer fazer parte dessa rede? Clique aqui

Institucional

O Ecobairro é um Programa Permanente do Instituto Roerich da Paz e Cultura do Brasil (www.roerich.org.br) , uma organização não-governamental, sem fins lucrativos que tem por objetivo a promoção da paz e cultura através da arte e educação, para proteção, promoção e preservação dos tesouros culturais e naturais.

Com o apoio institucional das Nações Unidas em 2005, o Ecobairro tem um compromisso global com ações locais para consolidar a Cultura de Paz e a Educação para o Desenvolvimento Sustentável.

O organismo Ecobairro de acordo com o seu crescimento, poderá se transformar numa organização caso seja necessário tal formato.

No Estado de São Paulo o Ecobairro está sob a responsabilidade da Associação Urusvati Mantenedora, organização que o Instituto Roerich da Paz e Cultura do Brasil nomeou como gestora do Programa.